Administrador de Empresas formado pela FAAP, e ex-auditor contábil Alexandre Cordeiro, há 30 anos atua no ramo da alimentação e é um entusiasta de cervejas.

Uma história que inicia-se ainda com 25 anos de idade, ao ir morar no velho continente. Londres o fez despertar o interesse por cervejas, que no Brasil ainda não haviam, e passou a se aprofundar ainda mais no tema de cervejas especiais, até inaugurar, em março de 2003, a Cervejaria Asterix .

Ao vender o seu primeiro restaurante, percebe a necessidade de ter um bar que oferecesse cervejas diferenciadas pela região da Paulista, que até então estava carente deste mercado. 

A Cervejaria Asterix se tornou pioneira no que se propõe a oferecer em seu menu desde então.

Em um dado momento, a indústria brasileira começa a abrir os olhos para produção de cervejas artesanais, como a Baden Baden, Dado Bier e Eisenbahn, e devagarzinho começa a surgir ótimas micro-cervejarias nacionais como a Urbana, Invicta, Jupiter, Tupiniquim, movimentando o mercado. 

Alexandre, sempre esteve ao lado deste novo nicho que surge, oferecendo ao seu cliente muito mais opções!

“Sempre tivemos como filosofia oferecer ao cliente, do mais exigente ao apreciador ocasional, o melhor do mercado de cervejas nacionais e importadas”.

A Cervejaria que já é tradicional em São Paulo, em 2018 debutará completando 15 anos, e continuará oferecendo o melhor da comida de boteco, burgers artesanais, drinks, e claro, mais de 400 rótulos de cervejas artesanais, sempre com cinco chopps jorrando de suas torneiras.